17 de mar de 2016

A metamorfose de Brasília



O Brasil tem vivido uma crise política e econômica sem precedentes, a cada dia tem novas coisas que estão mexendo com o Brasil. O que transforma o Brasil e seu governo, de 12 anos do PT , num caldeirão efervescente e que envergonha as pessoas de bem, deixando o mundo perplexo. 

Brasília está a um ponto de explodir, assim como o Brasil, por conta dos últimos acontecimentos da crise política. São tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo que são ligadas no cume do governo Dilma e da crise política, que chamo de metamorfose no Congresso. Estamos numa fase crítica jamais vista na história brasileira. É senador preso e acusando todo mundo, no caso do Delcídio Amaral e sua delação premiada, que estremeceu as bases da política brasileira, é ex-presidente investigado assumindo ministério para ganhar foro privilegiado, é juiz divulgando escutas telefônicas envolvendo presidente da república, enfim, várias coisas que vem entristecendo o nosso país. 

Por muitas vezes, expus minha opinião com liberdade, de alguém que acompanha a política e a vida do país. O que está acontecendo é algo estarrecedor, onde já se viu uma pessoa investigada ganhar um ministério, como o Lula ganhou a Casa Civil, só aqui no Brasil acontece essas coisas. Não vemos ninguém com caráter que possa assumir a liderança e retomar os rumos do país, na época do Impeachment do Collor tínhamos uma figura como Ulysses Guimarães que era uma liderança íntegra que lutou a favor do povo. 

Hoje, com quase todo mundo emaranhado na lama da corrupção tanto por parte do governo como por parte da oposição, falta esse líder. Vivemos uma crise sem precedentes, política, a beira do segundo impeachment de um presidente em 24 anos, econômica, com recessão forte, o país andando para trás, e, principalmente, de identidade, quem é o Brasil?

Certamente, um dia iremos passar desta crise, esperamos que a população consiga reerguer a nação com sua união e aquela vontade de que brasileiro não desiste nunca, que podemos reverter o momento ruim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário